*

*

terça-feira, 30 de março de 2010

A FORMULA DE DEUS

Olá, acabei de ler o livro "A Formula de Deus" de José Rodrigues dos Santos, e parece-me que este livro merece um comentário da minha parte.
Um dos principais temas abordados pelo livro é a prova científica da existência de Deus, a partir de uma fórmula de Einstein, grande parte da obra passa-se no Irão (Teerão), Tibete e Portugal, onde o personagem principal sofre grandes desventuras.

 Enredo:
Contratado para decifrar um manuscrito de Einstein só agora descoberto, Tomás Noronha, professor universitário, envolve-se num jogo duplo entre o Ministério da Ciência Iraniano e a CIA, procurando desvendar a prova científica da existência de Deus, descoberta por Einstein, embora o Irão e os EUA julguem que o documento do cientista expõe a fórmula para fabricar facilmente uma bomba nuclear.
Com a ajuda de Ariana Pakravan, por quem se apaixona, ele tenta sair ileso de mais uma aventura. Enquanto o seu pai tem os dias contados devido a um cancro do pulmão, Tomás tem de escapar às perseguições dos iranianos, após os ter traído para ajudar a CIA. É Ariana quem o ajuda, acabando por se deixar levar pelos seus sentimentos relativamente ao português.
Após uma viagem que vai desde o Irão ao Tibete, e ainda em Portugal, eles conseguem provar, precisamente no dia do funeral do pai de Tomás, que o documento de Einstein não contém a fórmula para o fabrico para um bomba nuclear, mas sim uma tese científica relativa à existência de Deus.


Tese principal: a existência de Deus
A tese exposta no livro é baseada em teorias verdadeiras, algumas até conhecidas, como a Teoria da Relatividade, de Einstein, o Princípio Antrópico, ou o Teorema da Incompletude. Há um grande foco sobre o Big Bang, devido à comparação entre este e a famosa frase do Génesis: "faça-se luz!".
Neste livro, defende-se a existência de um Deus não antropomórfico, como afirma a Igreja, mas sim como uma inteligência superior e com uma determinada intenção na criação do Universo e no surgimento da Humanidade

E se nada surgiu por acaso... O Big Bang, a criação do universo, a vida na Terra nada foi fruto do acaso, todos estes acontecimentos e muitos outros aconteceram graças a uma sucessão de lotarias... uma pequinissima margem para mais ou menos e não existiria vida... E se tudo foi criado com subtil inteligência? Qual o objectivo? O de que a inteligência permaneça para sempre... mas como?
Este livro pôs-me a pensar... pode ser um livro de ficção mas a verdade é que todas as teorias expostas no livro são verdadeiras... até que ponto somos livres? Conscientes das nossas acções? Da mesma maneira que o passado já está determinada também o futuro está determinado com a diferença de que não vemos o futuro.... Tudo o que nasce, morre... A própria Terra está destinada a morrer, por mais que tentemos fazer... o universo está destinado a morrer... será possivel manter a inteligência viva...
Não vou contar tudo.... É um livro que aconselho a ler... Este tenho disponivel em pdf...

Sem comentários:

Enviar um comentário