*

*

Artesanato & Cia

DÉCOUPAGE:
Técnica do guardanapo:
Dada a sua textura muito fina, o guardanapo deve ser manuseado com imenso cuidado e requer uma cola especial, cola-verniz ou cola branca + verniz, que o fará aderir ao objecto de suporte e, em simultâneo, lhe confere uma certa impermeabilização. A cola tem consistência de iogurte e é branca, mas depois de seca torna-se transparente e também funciona como verniz. É fundamental que o retalho do guardanapo fique muito bem protegido com cola, em ambas as faces, para não corrermos o risco de vir a ficar danificado pelo contacto com a tinta.
Découpage em chinelos:
Podem ser utilizados inteiros, em metades, aos quartos, ou com os motivos recortados. Tudo depende do objecto que se vai decorar. Numa fase inicial de aprendizagem convém usar o guardanapo recortado por ser mais fácil a aplicação de retalhos pequenos.


É só preparação de base, colagem e envernizamento!


É sempre bom ter à mão umas aparas de madeira MDF que se podem conseguir numa serralharia e fazer algumas experiências preliminares. Por exemplo, experimentemos colar um pedacinho de guardanapo, na cor creme ou branca, por cima de tinta vermelha e reparemos no efeito - o guardanapo toma a cor da tinta de base e perde toda a graça.

Por outro lado, as cores mais escuras do guardanapo não oferecem qualquer problema depois de coladas sobre tons claros.

Já existe um spray (colle masquante) fabricado em França e que permite colar o guardanapo em superfícies escuras, no entanto, ainda não está muito divulgado no nosso país.

Recorte das imagensPara este efeito, devemos munir-nos de uma tesoura de boa qualidade com as lâminas curvas como as que se usam para manicure.

Sempre que possível, devemos começar a cortar os espaços que se encontram dentro do desenho e que é preciso eliminar. Se necessário, utilizar o escalpelo (bisturi) ou X-acto sobre uma base de corte. Só depois passamos ao contorno recortando com toda a minúcia e respeitando todos os detalhes.


Existe um outro processo de rasgar com os dedos que se adapta, não a todas, mas a algumas decorações e confere-lhe um ar sombreado, muito natural. Neste caso, retiramos uma das folhas de trás, ou mesmo as duas, e seguramos o guardanapo com a ponta dos dedos, bem juntinhos, de forma a dar pequenos rasgões, com muito cuidado, à distância de meio centímetro do desenho. Convém que a cor de fundo do objecto seja da mesma cor do fundo do guardanapo.

Preparação de base do objecto


Madeira:
Lixar sempre no sentido dos veios da madeira com lixa 200 (aproximadamente) e retirar todas as imperfeições. De seguida, limpar todo o pó com pano húmido.

Aplicar a primeira camada de tinta branca (se for muito espessa, diluir com algumas gotas de água). Deixar secar e lixar por todo, com lixa 400, só para tirar a película (para melhor aderência da segunda camada de tinta). Pintar a segunda camada e proceder da mesma forma.
 Esta é a preparação de base, agora o objecto está pronto a receber a cor definitiva. Pode-se continuar com o branco ou mudar para outra cor clara.


Colagem:
Qualquer que seja a superfície, há que prestar muita atenção à colagem. Pincelar a cola no local onde vai aplicar o retalho, bem esticadinha, e deixar secar um pouco até ficar em ponto de mordência (ligeiramente húmido). Aplicar o retalho e alisar com os dedos, muito suavemente, do centro para fora de modo a eliminar bolhas de ar e fazê-lo aderir muito bem. Evitar as rugas que em certas ocasiões são quaze inevitáveis; se acontecer, não tentar endireitar e prosseguir o trabalho. De seguida, passar um pouco de ar quente com o secador para nos certificarmos que está tudo bem seco.
 Agora, com um pincel largo e macio, volta-se a pôr cola por cima do retalho, sempre do meio para as extremidades, em toda a superfície, tendo o cuidado de não passar mais de duas vezes no mesmo sítio para não romper o guardanapo que, como se sabe, é muito frágil. Não exceder na cola para não encharcar o guardanapo.
Depois de distribuir a cola, do meio para as extremidades, passar o rolinho de espuma para eliminar possíveis bolhas de ar e retirar os excessos da cola. Ajudar a secar com ar quente do secador, ou aguardar a secagem natural e completa.
Esta segunda cola reforça a aderência e impermeabiliza o guardanapo. Verificar sempre que as orlas estão bem coladas.
Nunca sobrepor dois retalhos diferentes de guardanapo porque se nota imenso o desenho daquele que fica por baixo.


Pincéis:
Existem de várias qualidades, mas os mais indicados para pintar são os de nylon dourado. Eles são a nossa principal ferramenta de trabalho e devem ser lavados, logo após a utilização, com água morna e detergente da loiça, enxugando de seguida.

Se começarem a acumular tinta seca na raíz, mergulham-se em alcool, ou amaciador da roupa e esfregar com uma escova de dentes fora de uso. De seguida, lavar com água morna e detergente. Enxugar num pano que não solte pelos e guardar sempre com a pelugem para cima.


Um dos pincéis fica reservado exclusivamente para o verniz e deverá ser protegido de qualquer tipo de poeira. Que pode ser um pincel de cerda macio, de pelo mais duro.


Lixas:
Ao comprar, convém pedir "lixa de água" que são as mais duráveis
e podem ser lavadas.
Numa fase inicial, vamos usar lixa 220 para a madeira crua e lixa 400 para as tintas. Se dermos duas ou três camadas de tinta, lixar entre elas para retirar a película superior o que facilita a aderência da tinta na camada seguinte
As lixas são classificadas pelo número de grãos contidos numa determinada área da folha. Quanto mais elevado é o seu número mais fina e delicada ela se torna.

Mas voltemos à descrição:


Dada a sua transparência, o guardanapo só pode ser aplicado em superfícies de cor muito clara e, normalmente, escolhem-se os tons de marfim, ou branco, podendo eventualmente optar-se por outras cores de tom pastel, em sintonia com as do desenho. Se na imagem predominar o marfim, pinta-se a base na mesma cor; se predominar o branco, pinta-se de branco.
 
 
*****


Limpe bem a sua sandália caso seja usada.
Retire as tiras, olha gente...não é muito fácil não...então sugiro que coloquem um pouco de vaselina liquida nas extremidades das tiras e retirem com um alicate de ponta fina.
Passe uma demão de COLA PANO PARA DÉCOUPAGE sobre a sandália com um pincel, coloque o guardanapo escolhido por cima, não esquecendo de retirar as 2 folhas de trás...alise bem com cuidado.Passe outra demão de cola pano por cima da decoupage e aguarde secar bem.
Recomendo que deixe por no mínimo umas 12 hs....e não retire ainda as rebarbas do guardanapo, aguarde as horas recomendada.
Faça a mesma coisa nas tiras, recorte um pedaço um pouco maior que a tira e vai enrrolando como se fosse uma fita.
Depois de bem seco, recoloque as tiras antes de passar a cola squizz...
Passe uma boa demão de COLA SQUIZZ ADESIVO sobre a sua decoupage, mas não precisa exagerar, use um pincel, e não se esqueça de colocar tbm perto dos buracos das tiras.
Pronto, sua sandália já está impermeabilizada!
Agora coloque um enfeite de flor nas pontas e cole, costure ou amarre, enfim...vai de seu gosto!
Aguarde de 2 a 3 dias a secagem para poder usar as sandálias, antes deste periodo, elas ficam ainda com um pouquinho de grude,ok!
A lavagem só poderá ser feita após as 72hs.

Agora caso utilizem tecido para fazer isto, voces terão que impermeabilizar o tecido com termolina leitosa na frente e verso do tecido antes de fazer a decoupage, mas o resto do processo é o mesmo!

Espero que aproveitem a dica

*****

Découpage em vela:
Bem, quem não faz velas, não tem problema, basta comprar uma vela branca para poder fazer esta decoupage com o guardanapo.

PASSO:
* Retire as folhas brancas do guardanapo.
* Centralize na vela e segure.
* Aqueça o ferro de passar ( eu uso um ferro velho para esta finalidade ) e passe na peça de uma só vez, não fique alizando muito, pois pode derreter ela toda rsrsrs........
* A parte que sobrar, voce corta com tesoura e ainda com o ferro depassar voce dá o acabamento alisando as bordas, fica perfeitinho!

Prontinho, só isso, nenhum segredo né verdade!!!

Agora é só decorar com as dimensionais de seu agrado e colocar a vela em um recipiente adequado

*****
 Vários Passo-a-passos:

*****
Guia Básico de Costura Singer em Português:
Revista que na verdade é um guia de costura,uma publicação da Manequim junto com a marca Singer de máquina de costura.


Para quem está a aprender a costurar esse guia irá ajudar muito com dicas e técnicas de costura.
Guia completo AQUI !

*****
Lâmpadas Pendentes:

Passo-a-passo:

*****
Flores de tecido:
Passo-a-passo aqui:

*****


Passo-a-passo aqui:

*****
Rosa de Papel / Bouquet de flores:

Passo-a-passo retirado aqui:

Outra Variação -  Usando tecido:
Materiais: Feltro rosa, laranja e lilás
Tesoura, Cola
Pérolas, Bola de isopor
Taça ou vaso de flores
Passo-a-passo:
O primeiro que você deve fazer é cortar círculos de feltro de um tamanho aproximado ao da imagem.
Se desejar, você pode imprimi-la para usá-la como molde, o que facilitará o seu trabalho. Mas também, se você deseja ter rosas de todos os tamanhos, pode escolher variar o tamanho do círculo.



*****
Almofada Fuxico



*****
Borboletas em viés

Retirado do blog Keila Fazendo Arte

*****
Cestinha da Páscoa:
Modelo de cestinha feitos em tecido, criação da Sew Mad, aproveitem o tutorial que é grátis!!!


*****
Vasinho de Páscoa:


*****

Ovinhos de Tecido:


E também: 

*****

Caixa Forrada com Tecido

Passo-a-Passo aqui:

Com muitas dicas no blog: Faça você mesma

*****

Caixa com efeito Ganga:

*****
Caixa com Pétalas de Rosa

Pétalas de rosas são lindas e delicadas, tornam o trabalho único!


Dicas: Você precisa antes de tudo desidratar as pétalas de rosas.
Faço assim: Retiro as pétalas, e vou colocando dentro de uma lista telefônica velha (pois esse tipo de papel absorve a água da pétala e não a embolora) vou colocando uma por uma bem esticadinha.
Fecho a lista e coloco bastante peso em cima.
Deixo ali mais ou menos 1 mês. Dá para perceber quando ela já está desidratada, ela fica quebradiça. Tem que manusear com cuidado.
Depois disso é só tirar e deixar dentro de um potinho.

Como fazer a caixa:
- Se as rosas são vermelhas, pinte a base da caixa de preto (onde irão as pétalas), isso se for cobrir toda a tampa. Se não for, pinte da cor que quiser fazer sua caixa. Não tem problema algum, apenas lembre-se que o fundo deve estar pintado. Pois assim, se ficar algum vãozinho sem rosa, não fica feio.
- Depois disso, vá colando uma a uma sobre a caixa com cola cascorez (se desejar, pode diluir um pouco). Tome cuidado pois a pétala é bem sensível. Passe a cola na caixa, ou na pétala, como preferir, mas não deixe cola sobrando na caixa. Depois de pronto cubra tudo com uma camada de cola diluída e depois de seco impermeabilize com verniz.

O restante da peça, faça como preferir.

Passo-a-Passo retirado do blog http://entrepinceis.blogspot.com/

*****
Caixa com textura Piquê
Para essa técnica você vai precisar de:

- Peça de MDF
- Toalhinha emborrachada (tipo antiderrapante de tapete ou jogo americano-Foto )











- Tinta branca
- Verniz Acrílico brilhante
- Pasta para modelagem da Acrilex
- Espátula / Pincél / Rolinho de espuma
- Lixas


Como fazer:
Pinte a peça de branco, lixe e dê mais uma demão.
Recorte a toalhinha, para que fique fácil de trabalhar, coloque ela sobre a peça, segure firme para não escorregar e atenção na hora de posicionar os quadradinhos para não ficarem tortos. Passe a pasta com a espátula (Fiz um vídeo há um tempinho para algumas amigas, explicando esse procedimento, notem minha preocupação em fazer com que a pasta entre bem pelos vãos, porque depois que tirar a toalha, não tem mais como voltar ).


Repita em todos os lados da peça. Faça por partes para não melecar tudo.
Depois de tudo bem sequinho, pegue uma lixa mais grossinha e lixe toda a textura, para aparar as pontinhas.
Com o rolinho, dê mais uma demão de branco sobre a peça. Deixe secar e depois, com o rolinho também, dê uma demão do verniz.


Para enfeitar, você pode colar ainda pedrinhas de strass nas partes baixas da textura, como fiz na caixinha de lenços.

Passo-a-Passo retirado do blog: http://entrepinceis.blogspot.com/
 
*****

Caixa com cd




*****
Porta-Moedas





*****
Bolsinha de croché com tampa reciclada:


Este pap foi retirado do blog:

*****
Capa removivel para caderno:
Capa foi feita com plástico cristal e viés, também pode ser feita em tecido usando a mesma técnica.


Passo-a-passo no Blog Coisinhas da Lili

*****

Caderno forrado a feltro:







*****

Modura:


*****
Caixas para prendas: